jusbrasil.com.br
25 de Agosto de 2019

Copa do Mundo no Brasil injetou R$ 142 bilhões na economia

Na empregabilidade, o setor de Turismo ofereceu, sozinho, mais de 48 mil oportunidades de trabalho. Outras 50 mil vagas foram criadas para execução das obras nos estádios. Os dados são da Fundação de Estudos e Pesquisas Econômicas (Fipe), ligada à USP

Pragmatismo Político
Publicado por Pragmatismo Político
há 5 anos

Copa do Mundo no Brasil injetou R 142 bilhes na economia

(Torcedores assistindo jogo da Copa na Fifa Fan Fest-RJ)

Um dos saldos da Copa do Mundo no Brasil é o valor de R$ 142 bilhões injetados na economia entre 2010 e 2014. E a escolha das 12 cidades-sedes não foi à toa: o objetivo é espalhar a riqueza para todas as regiões, com desenvolvimento para comercio, indústria e serviços.

A Fundação de Estudos e Pesquisas Econômicas (Fipe), ligada à USP, apontou que, dos R$ 9,7 bilhões gerados durante a Copa das Confederações, 51% se difundiram por todo o pais, enquanto 49% ficaram concentrados nas seis cidades que receberam o torneio. Já o Mundial tem potencial de retorno mais de três vezes maior.

Mais de 3,6 milhões de pessoas estão circulando pelo Brasil, o dobro em comparação à Copa do Mundo na África do Sul (2010). Apenas com visitantes, o país terá retorno de, no mínimo, R$ 25 bilhões. Esse valor quita gastos do governo federal em infraestrutura, mobilidade urbana e segurança feitos para receber o evento e que ficarão como legado para população ao término dele.

Na empregabilidade, o setor de Turismo ofereceu, sozinho, mais de 48 mil oportunidades de trabalho. Outras 50 mil vagas foram criadas para execução das obras nos estádios. Esses são exemplos de fatores essenciais para que o Brasil possa seguir mantendo as menores taxas de desemprego de sua história.

Fonte: http://www.pragmatismopolitico.com.br/2014/07/copa-mundo-brasil-injetour142-bilhoes-na-economia.html

34 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

"... 3,6 milhões de pessoas estão circulando pelo Brasil, ... Apenas com visitantes, o país terá retorno de, no mínimo, R$ 25 bilhões. Esse valor quita gastos do governo federal...". Quer dizer que em média cada visitante injeta R$ 6.900,00 em impostos para o país? continuar lendo

25 bilhões >> representa em impostos (40%) = 10 bilhões
10 bilhões dividido por 3,6 mihões = R$ 2770,00 por turista
Gastos com a copa 9 bilhões >> houve lucro de 1 bilhão para a Dilminha. continuar lendo

E quanto foi mesmo que vc gastou na última vez em que vc fez uma viagem internacional para acompanhar um evento que dura 1 mês? continuar lendo

Me parece que faltam alguns dados nessa contabilização. Que retorno é esse? - Da subtração de faturamentos e gastos? Os dados acima tentam demonstrar algum lucro? continuar lendo

É que esse pessoal do pragmatismo político foi educado no campus party do PT, ai fica difícil esperar que saia algum sinal de inteligência dai continuar lendo

O retorno foi para o bolso de quem? essa é a pergunta que não quer calar...
Com a isenção que o Governo deu a FIFA, com certeza o "retorno" foi 99% para o bolso deles... continuar lendo

Complementando meu comentário anterior: e o restante do país que deixou de vender? como fica o comércio com queda nas vendas de até 30%? as indústrias e todas as outras empresas que pararam para assistir os jogos?
A copa pode até ter injetado 142 Bi na economia, mas e o que "deixou de ser gerado"? continuar lendo

O Brasil é um país desconhecido do resto do mundo. As únicas notícias que circulam no exterior sobre o nosso país, são de crimes, desastres, corrupção, que passou a ser combatida depois de 502 anos, prostituição infantil, que também só recentemente passou a ser combatida, e a nossa famosa "Aquarela do Brasil" do Ary Barroso.
Para o resto do mundo, o Brasil tem também samba, futebol e macacos. A Floresta Amazônica vai do Rio Grande do Sul ao Rio Grande do Norte, mas está sendo desmatada e pouco se faz para acabar com isto.
Quando o governo brasileiro quis construir 12 estádios, muitos criticaram, principalmente o de Manaus, Natal e do Pantanal. As principais alegações é que nesses lugares não existem times locais para encherem os estádios. Quem pensa assim, nem imagina o que é turismo, não sabe que mesmo se demolissem hoje esses estádios, o lucro que eles trarão é inimaginável, com certeza dará para pagar mais de cem estádios em cada uma destas localidades.
E tem mais, embora o Brasil tenha recebido milhares de turistas de todo o mundo, se compararmos com o que recebeu a Espanha, somente no período da nossa Copa, é um volume irrisório. A Espanha, nos meses de verão, junho, julho, agosto, recebe milhares de turistas dos países nórdicos e de outros mais ao norte, somente para pegar sol. No Brasil, o que não falta é sol, e é sol o ano inteiro, até mesmo agora, em pleno inverno.
Estes 142 bilhões de reais que foram injetados na economia em quatro anos, crescerão, em progressão geométrica, com o turismo que se multiplicará a cada ano. A melhor propaganda que existe é a "Boca a Boca", os elogios que, os que estiveram aqui, farão em seus países. continuar lendo

Vc esta muito enganado, ninguém faz turismo arriscando a vida, Brasil é um país sem lei nem segurança. Como é que alguém pensa em vir a turismo nessas condições, Copa é uma coisa isolada, turismo só se faz em lugares com segurança, não vasta ter sol para fazer turismo. Acredite se quiser... continuar lendo

Eu vivo há quase 70 anos no Rio de Janeiro. Trabalhei de madrugada no Centro de processamento do Banco do Brasil por quase vinte anos. NUNCA FUI ASSALTADO.
Na primeira vez que fui a Buenos Aires, no dia que cheguei, sofri uma tentativa de assalto. Só não se concretizou, porque não carrego dinheiro e documentos no bolso. E dizem que Buenos Aires é a capital européia das Américas. kkk continuar lendo

O Luiz, para cada uma pessoa que se diz não ter sido assaltado como você, eu te mostro outra 100 que foram, não trate a exceção como regra, é só ver o número de homicídios anuais no país, 60 mil, equivale a três guerras do iraque continuar lendo

O que quero dizer, é que em qualquer lugar do mundo existe violência e ninguém deixa de viajar por isto. Os próprios turistas que vieram ver a copa comentaram que no país de origem, falavam da violência no Brasil e chegaram aqui e não viram nenhuma violência anormal e sim muita simpatia do povo brasileiro. continuar lendo